Monitores Ambientais

 

Esta atividade está voltada à educação formal e tem como público alvo, alunos do ciclo básico de escolas públicas e particulares. As atividades são essencialmente práticas e visam a capacitação dos alunos na identificação de problemas ambientais e a formação de multiplicadores de ações para a melhoria da qualidade de vida da população através de ações ambientalmente sustentáveis. Dez aulas práticas são realizadas às margens do Ribeirão Tanquinho, ministradas pelos membros da ONG e as atividades estão divididas em 3 grandes grupos interdisciplinares.

 

 Grupo I: “A natureza persiste”

Nesta etapa, as crianças identificarão a flora e fauna das cidades, mesmo entre os diversos problemas urbanos, como o crescimento desordenado. Além disso, entenderão sobre as funções da água para o homem e o planeta como um todo. As atividades desse grupo são:

1 - CONHECENDO O AMBIENTE

2 - IMPORTÂNCIA DA FAUNA  

3 -RECURSOS HÍDRICOS E A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA

 

Grupo II: “A natureza pede socorro”

Este grupo de atividades demonstra alguns problemas ambientais, como fogo, lixo e erosões. Assim, as crianças saberão identificá-los e terão a oportunidade de discutir, definir soluções e priorizar ações para saná-los e/ou amenizá-los.

              4 - EROSÕES - NOSSAS RIQUEZAS INDO POR ÁGUA ABAIXO

5 - FOGO - APAGUE ESSA IDÉIA

6 - LIXO, DESPERDÍCIO E CONSUMISMO

 

Grupo III: “Podemos ajudar!”

Aqui, os alunos construirão e desenvolverão ações em prol da melhoria da qualidade de vida de sua cidade.

7 - OFICINA DE RECICLAGEM

8 - FLORESTAS... PRESERVAR PARA PROTEGER A VIDA

9 - PRAÇA... PRA QUE TE QUERO?!

 

10 - PLANTIO DE ESPÉCIES NATIVAS

 

 

O projeto Monitores Ambientais foi realizado com os alunos de 6ª Série da Escola Municipal de 1º e 2º graus Dr. João Maria Araújo Junior durante os meses de maio, junho e julho de 2003 e no ano de 2004 com os alunos da 6ª série do CEPRA - Centro Educacional Professor Reinaldo Andrelini, e alunos do Colégio Arquidiocesano La Salle, Botucatu, SP.


Resultados do Projeto Monitores Ambientais


      O projeto Monitores Ambientais beneficiou 150 alunos da 6 ª série do ensino fundamental de 1 escola pública e 2 privadas de Botucatu.

Foi motivo da elaboração da monografia “Monitores Ambientais - Ações de Educação Ambiental na Capacitação de crianças do Ensino Fundamental”, apresentada ao Departamento de Educação do Instituto de Biociências da UNESP – Campus de Botucatu, como parte dos requisitos necessários para obtenção de título de Licenciado em Ciências Biológicas, no ano de 2004, e registra que os alunos que participaram do projeto são capazes de identificar problemas ambientais e sugerir ações para resolver ou minimizar estes problemas, além de estarem capacitados para difundir as boas práticas aos amigos e familiares.

Foi motivo da elaboração da monografia “Reflexões sobre uma Metodologia em Educação Ambiental: O Ensino por projeto enfocando a problemática da água”. – Marilia Palumbo Gaiarsa, Helton Carlos Delicio, Renato Eugênio da Silva Diniz, 2005, 66p.

Motivou a produção de “Material de Educação Ambiental para a capacitação de Professores do Ensino Fundamental”. - Juliana Andressa Alvez Zago, Helton Carlos Delicio, Renato Eugênio da Silva Diniz, 2006, 76p.

O projeto foi apresentado no 1º Encontro de Educação Ambiental de Botucatu da teoria à prática cidadã, promovido pelo Instituto de Biociência – Unesp em 2005 para alunos e professores de todo país.

O trabalho foi divulgado 3 vezes no jornal Diário da Serra dando visibilidade à ação.

Realização: ONG SOS Cuesta de Botucatu

Patrocínio: Instituto de Biociências – PROEX.
 

Voltar para Projetos de Educação Ambiental

 

Voltar para Projetos da ONG S.O.S Cuesta de Botucatu