RTC 4:

 

Aspectos físicos e históricos da microbacia do Córrego da Cascata

 

A quarta RTC foi dedicada a resgatar os aspectos físicos e geográficos do Córrego da Cascata, de todo o seu entorno e extensão, baseado em documentos do século XIX. Um verdadeiro passeio pela história do distrito de Rubião Junior, antigo Capão Bonito, conduzido pelo historiador João Carlos Figueiroa.

O passeio teve início na Estrada do Sobradinho, citada em 1843, no documento de doação de terras para formação do patrimônio da Freguesia de Santana de Botucatu pelo Capitão José Gomes Pinheiro, proprietário de uma Invernada denominada Capão Bonito. Outro documento relata que Joaquim da Costa e Abreu fixou-se depois da restinga, nas bordas de uma imensa mata localizada entre a invernada e a Fazenda do Sobradinho. O documento diz que do Serro do Capão Bonito e vizinhanças descem arroios bordados de matas que formam uma restinga que segue em direção à mata geral, que começa na Porteira, tendo de um lado o rincão de campo, chamado de rincão da capela e de outro lado, outro rincão de campo vendido a José Antônio Pereira.

Um terceiro documento de 1840 justifica o pedido de criação de uma Freguesia no alto da Serra de Santo Ignácio, no lugar denominado Capão Bonito e relata a existência de um povoado com mais de 85 casas e trezentas e quarenta e cinco pessoas.

Venha participar da gestão partilhada do Córrego da Cascata.

As RTCs são realizadas na última quinta feira de cada mês, na Associação dos Docentes, AD, na Alameda das Sibipirunas, nº 740, Rubião Jr, das 19:30 às 21:30h.

 

Mande sua sugestão para  soscuesta@soscuesta.org.br